Event #28: MONSTER STACK $1,500 No-Limit Hold’em

Galera vou aproveitar esse espaço e falar um pouco sobre toda minha experiência nesse ano de 2015 na WSOP evento 28-Monster Stack. Foi um momento mágico na minha vida, surreal tudo que passei. Foram 5 dias de torneio, com um total de 7.192 jogadores e mais de 9 milhões de dólares arrecadados, pagando mais de 1 milhão de dólares para o campeão junto com o tão cobiçado bracelete!!!

Fui para Lãs Vegas, jogar uma série de torneios, mais de 15 no total, e por incrível que pareça o Monster Stack era o último que jogaria. Até então não vinha tendo bons resultados, estava bem meio desanimado.

Era minha última chance de ter um bom resultado e salvar toda a reta e investimento, então decidi descansar e não jogar nada por 3 dias e focar totalmente para o Monster. Desde o dia 1, joguei bem tranquilo e sempre focado em passar dia a dia, fase a fase.

konishi-1

No dia 1 joguei bem tranquilo e passei para o dia 2 com um stack confortável de 55k, que representavam mais 50BB.

konishi-2

Dia 2 logo de cara eu triplico meu stack, ficando numa situação bem segura, o que facilitou e muito para que eu conseguisse chegar no meu próximo objetivo que era passar para o dia 3 e consequentemente entrar na faixa de premiação (ITM). Próximo passo concluído!

Lembro de um detalhe muito importante, na hora da bolha do ITM, estava muito bem em fichas, mais que o dobro da média, e tive que foldar um QQ pre-flop muito sick. Até fui dar uma respirada e quando voltei já estava no dinheiro!!!!

konishi-3

Dia 3, já  ITM, voltamos com apenas 272 jogadores, destes, 7 brasileiros. Começamos muito bem o dia 3, blinds 6k/12k ante 2k, ou seja, mais de 45BB.  Deu para pilotar tranquilamente, e  sem inventar muito, conseguimos passar para o dia 4 com 2,9 kk. Restavam apenas 29 jogadores e 2 brasileiros na disputa.

konishi-4

Voltei para o dia 4, com o 20º melhor stack, dos 29 jogadores restantes.

Logo no começo já teve duas eliminações e com isso, o 1º redray do dia com 27 jogadores. Esse foi o dia que joguei o melhor poker da minha vida, um dia que realmente as coisas deram muito certo para mim. Meu stack não parava de crescer, eliminava um jogador atrás do outro, até ficarem apenas 2 mesas, ou seja, 18 jogadores, e com isso temos o 2º Redray do dia, colocando os 2 únicos brasileiros na mesma mesa.

Não conhecia o Caio Toledo, e tive o prazer de conhece-lo lá. Não jogamos muitas mãos, mas tive que pagar um shove dele de menos de 10BB no big blind, quando tinham apenas 12 jogadores, com KJs ele tinha A2s, e segurou. Foi uma sensação muito estranha, pois a torcida se dividiu e não sabia como seria a reação da galera no caso de eu elimina-lo. Pensei muito antes de dar o call, apenas por se tratar de um brasileiro, mas dei o call porque achei que seria a decisão certa a ser tomada e para alegria dele, segurou o A high e ele dobrou o stack.

Com isso o jogo foi se afunilando e as eliminações não paravam, até restarem 10 jogadores e não demorou muito para formar a mesa final não oficial. O short stack shova do UTG menos de 10BB. Eu vou por cima, show down AKs x KTs, logo no flop vem AK7. Nem vejo turn e river, saio comemorando com meus amigos que invadiram o rail e foi só alegria!! Chegamos Chip Leader na Mesa Final Oficial do WSOP Event 28 Monster Stack 2015 !!!!

A direção do torneio decide encerrar o dia e voltar no dia seguinte para a grande final!!!!

 

Dia 5- Mesa Final

1 – Fernando Konishi – Brasil – 20.800.000

2 – Asi Moshe – Israel – 14.725.000

3 – Kevin Kung – E.U.A. – 14.075.000

4 – Hoyt Corkins – E.U.A. – 12.925.000

5 – Christian Rodriguez – E.U.A. – 12.675.000

6 – Eric Place – Canadá – 12.500.000

7 – Perry Shiao – E.U.A. – 10.000.000

8 – Caio Toledo – Brasil – 5.550.000

9 – Joshua Wallace – Canadá – 4.675.000

 

Entramos na Mesa final com o melhor stack entre os 9 finalistas, com blinds 200k/400k ante 50k. Tínhamos mais de 50BB para trabalhar, porém numa das piores posições da mesa, pois na minha esquerda estavam nada mais nada menos que os dois únicos jogadores com braceletes desta mesa final: o Asi Moshe na posição 3, que era o melhor jogador da mesa na minha opinião, e o  Hoyt Corkins na posição 4.  Sabia que não teria moleza com eles na minha esquerda.

Decido abrir logo a 1º mão da FT, jogo a mão totalmente por blefe, para impor um ritmo forte, pois sabia que todos iriam jogar muito duro, pois o money jump era muito grande.  Puxo essa mão, me dando muita confiança, mas as próximas 3 mãos que abro,  tomo volta em todas, e tenho que foldar.  Após isso, decido trocar a marcha e jogar um pouco mais por valor, valor esse que não veio, consequentemente meu stack foi caindo.Hoyt Corkins e Caio Toledo logo são eliminados em 9º e 8º respectivamente.

konishi-5Quando estávamos em apenas 7 jogadores, tinha um stack de 16.000,00, blinds 250k/ 500k ante de 50k, ainda tranquilo, até chegar essa mão. A mesa roda em gap, o botão Joshua Wallace shova 4,1kk, menos de 10BB. Eu no big com A7s, dou instacall, ele me apresenta A2. Situação perfeita, aquele 70/30 que sonhamos se tornou um pesadelo, vem logo um 2 no flop e segura. Dobramos o short, e agora quem se torna short sou eu, invertemos as posições. Eu teria que ir para cima, pois os blinds já estavam muito altos, e não tinha tempo para esperar aquela mão Premium.  Abri algumas mãos, sem sucesso, até chegar a 6kk em fichas, que representavam apenas 13BB. Como a mesa estava bem dura, recebo QJ do UTG e decido shovar meus 13 BB:

 

Perry Shiao acerta um flush runner runner e me elimina na 7º colocação.  Claro que na hora fiquei muito triste a ponto de chorar, mas sei que fiz o meu melhor e sei, principalmente, de toda dificuldade de chegar em um torneio desse nível e com tantos jogadores TOPS.

 

Foi uma honra poder representar o esporte que pratico e que amo tanto, representar minha cidade, meu time de coração, meu país, isso tudo não tem preço.  Toda dedicação de muitos anos de trabalho e muito esforços foi recompensada, não só pelo dinheiro, e sim pelo desafio, desafio de atravessar o mundo, de jogar contra os melhores. Ficar entre os 7 melhores, nesse field, é motivo de muito orgulho para mim, e me motiva a trabalhar mais e mais, para que eu possa viver mais ótimos momentos como esse. Sem dúvidas foi o dia mais feliz da minha vida!!! Jogue por amor e nunca desista, os resultados virão mais cedo ou mais tarde!!!!

 

B Conteúdo – Fichas Brasil