Main Event chega a sua hora de decisão

Uma das mesas finais mais esperadas do ano será iniciada nesta quinta-feira (20), e terá três dias de duração, o Main Event da WSOP. Teremos muita ação devido a jogabilidade imposta pelo torneio ser deep desde o seu primeiro minuto. O short stack (mais de 20 big blinds) é apontado por muitos como um dos favoritos à conquista do bracelete mais aguardado e desejado do ano, Ben Lamb que já possui uma jóia e $ 6.209.724 em premiações em WSOP.

Já outros são “marinheiros de primeira viagem”, caso dos britânicos Jack Sinclar (8º stack) e John Hesp (Runner Up), e do americano Dan Ott (5º em fichas). Aliás, Sinclar que até hoje não tinha nenhum ITM em todos os anos de WSOP, com mais de duas décadas que o recreativo joga poker, e incrivelmente que ele chega no Main Event com seu terceiro maior field de todos os tempos.

Damian Sallas escreve uma nova história para o poker argentino. www.wsop.com

Bryan Piccioli tem um bracelete de WSOP Ásia e soma em ganhos $ 542.208. Argentina coloca pela primeira vez em sua história um representante entre os nove melhores do Main Event, Damian Salas, experiente jogador da rede Aconcágua.

Os outros jogadores que fecham essa mesa final são os franceses Antonie Saout e Benjamin Pollak, e o chip leader com mais de 100 big blinds, o norte americano Scott Blumstein, que é outro a exemplo do Hesp, segundo colocado, que nunca conseguiu um cash em WSOPs, a única diferença que é apenas a primeira vez dele jogando o Main Event.

BOTTOM POST – SHADEVENNE
BOTTOM POST – POKER DO BEM