Preconceito e Misoginia!!! Entidades se posicionam no caso 4Bet, confira!!

Um fato lastimável agitou as redes sociais e toda a comunidade do Poker.
Trata-se de uma série de comentários ocorridos no The Podcast Ep.07 do 4Bet Poker Team, colocado no ar no dia 02 de fevereiro, onde por volta dos 70 minutos de programa um dos locutores, o Beto afirma “Não tem nenhuma atividade humana em que a mulher é melhor que o homem”, os comentários da bancada e a opinião de um modo geral dos participantes a partir daí, criaram um tremendo mal estar e causaram grande revolta na comunidade do poker de um modo geral.

A Liga Paulista Feminina de Poker, soltou uma nota de repudio que viralizou nas redes sociais, segue o conteúdo da nota na integra:

“NOTA DE REPÚDIO
A Liga Paulista Feminina de Poker vem, por meio desta nota, manifestar seu total repúdio ao machismo, ocorrido no The Podcast Ep. 07, do 4bet Poker Team. Além da objetificação da mulher, representa ofensa grave à luta que as mulheres vêm fazendo para o crescimento do cenário do poker feminino no Brasil e em suas políticas de inclusão social. Dizer que a genética da mulher a faz menos capaz do que o homem para determinadas atividades, inclusive para o poker, é de uma ignorância profunda e desconhecimento da causa nos dias atuais.
Ao longo dos últimos anos foram alcançadas conquistas relevantes para o crescimento da inclusão das mulheres ao poker, e vemos como um compromisso apoiar a causa, pois o poker é para todos, sem distinção de gênero, classe ou raça. Não é possível deixar que pessoas que não possuem respeito com a causa nos desrespeite. Repudiamos o Ep. 07 do The Podcast do 4bet Poker Team e denunciamos a atitude machista e lamentável de colocar esse conteúdo em suas redes sociais.
Diante desse cenário, a Liga Paulista Feminina de Poker, considera imprescindível o manifesto e repúdio que, direta ou indiretamente, promovem esse tipo de comportamento. Estamos atentas para coibir casos como este, bem como promover políticas de combate ao machismo, ao racismo e à LGBTfobia, a fim de garantir um ambiente seguro, saudável e livre de preconceitos para toda a comunidade do poker brasileiro.
Ainda que não se possa cobrar da mídia uma atuação comprometida com nossas demandas, a sociedade vem cada vez mais fazendo o apelo para ações de inclusão da mulher no poker. Devemos exigir condutas pautadas pela ética e pelo respeito às mulheres, e que não reproduza discriminações, preconceitos e misoginia como de fato ocorrido.”

Atenciosamente,
Liga Paulista Feminina de Poker

Horas depois a equipe do 4Bet Poker Team, percebendo a repercussão negativa retirou o episódio do ar e enviou um pedido de desculpas através de seu Instagram, segue post na integra:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Vacilamos. Não cabe aqui justificativas ou explicações, apenas o pedido de desculpas a todas que se sentiram ofendidas por qualquer fala dita pelos convidados no EP #07 do nosso Podcast. Não concordamos com o que foi dito em alguns trechos do episódio e nem são essas as opiniões da nossa empresa. Mas assumimos a responsabilidade pela publicação e entendemos a sensibilidade com que esse tipo de assunto merece ser tratado. Por essa razão, também removemos o episódio do ar de todas as plataformas, e, conforme sugestão de algumas das jogadoras com quem conversamos, vamos pensar em uma forma de abrir um novo espaço e ceder nossa plataforma para que o assunto possa ser debatido, com a participação e a voz de outras meninas do segmento. Acreditamos, acima de tudo, que através do debate é que podemos chegar a um lugar melhor.

Uma publicação compartilhada por 4bet Poker Team (@4betpokerteam) em

Diversas entidades fizeram coro junto com a liga e emitiram sua nota de repudio, dentre elas BSOP, CBTH, além de vários clubes e jogadores de todo o país.

O No Comando No Controle repudia qualquer tipo de preconceito, e manifesta sua indignação ao ouvir tantas palavras mal faladas, proferidas por pessoas tão conceituadas na comunidade do poker.

Por Vitor Pontes